28.12.06

Pai Natal vs Mãe Natal?

Em época natalícia, é comum enviar-se postais virtuais (é mais rápido e mais barato do que os CTT) de boas festas.
Há quem recorra aos postais do Sapo, Clix e Co., quem envie um e-mail e quem goste de dar um toque mais pessoal às suas mensagens anexando uma imagem de circunstância (boneco de neve, renas, pai natal, ou até mãe natal!).

Quant@s de vocês tentaram procurar imagens através do Google?
Se ainda não o fizeram, façam-no, só por curiosidade.
Escrevam "pai natal" e cliquem na opção Imagens.
De seguida, façam o mesmo com "mãe natal" e comparem as imagens encontradas.

Agora vou segredar-vos algo: a mãe natal não vive no Polo Norte, tão pouco fica a cozinhar a ceia de Natal enquanto o seu marido distribui os presentes.
Já repararam nas roupas com que se exibe nas imagens em que aparece? Das duas uma: ou passa a noite do 24/12 na praia do Rio do de Janeiro ou aproveita a ausência do esposo para ir abanar o capacete no Moulin Rouge...

3 comentários:

peter pan disse...

o pai natal foi inventado pela coca-cola (refiro-me ao actual Santa Claus gorducho de farda vermelha; o Father Christmas inglês, do séc. XIX e anterior, podia trajar de várias cores e parece que o vermelho nem sequer estava entre elas; de qquer maneira não usava botas de cano alto...).

quem inventou a mãe natal não sei, mas hei-de descobrir.

ppan disse...

...mas tenho a sensação de q a mãe natal deve ter começado tb como uma coisa inglesa: o Natal no UK é ainda hj uma época de festa -tipo passagem de ano- e não necessariamente em família, há pequenas festas por todo o lado, jantares , festas de natal dos colegas de escritório bebedeiras e "casual sex". No período pré-rainha Victoria era ainda pior. uma espécie de carnaval (festa do solstício de inverno) q durava vários dias. até q o puritanismo britânico pôs fins àquilo.

as novas "mãe natal" deve ter sido inventadas pela industria do sexo, q tb inventou as despedidas de solteiro, etc.

já agora, reparam nas "mãe natal" dos hipermercados (acho q era no Jumbo)? essas andam de minisaia e de... patins.

Anónimo disse...

Ouvi falar de um personagem feminino no imaginario natalicio russo. Nao tenho certeza se era mulher ou filha do pai natal, mas creio que e dela que provem todas imagens da mae natal, pois ela tambem e jovem, sedurota e de longas trancas loiras. A mini saia e coisa nova, porque creio que nem vodka ajuda a despir as roupas numa noite longa e fria siberiana. Mas com tantos voos charter por ai, para tantos sitios quentes... e com a globalizacao, la esta, ate uma tradicao tem que se adaptar, nao sera?