13.5.06

Candidatos ao Prémio de Publicidade Mais Sexista do Ano: Como se tornar mais atraente para "eles"...

Um dos anúncios da nova campanha das Clínicas Persona diz...

Alguns "deles" também não gostam particularmente de cérebros - será que a Clínica coloca à disposição das mulheres um serviço de remoção cirúrgica de neurónios, para se tornarem mais atraentes para "eles"? Quanto custará? Será doloroso?
E onde estão os anúncios a ensinar a "eles" o que é que "elas" não gostam?
sx

10 comentários:

Cleopatra disse...

Não há anúncios desses porque eles, acham que elas gostam sempre deles!
Sempre...
Eles deslumbram.. Eles são um charme... o pior é qdo alguns... Bem bem, em frente!

Woman Once a Bird disse...

E que dizer do contributo feminino para o Mundial?
O anúncio de incitamento para uma ida ao estádio para fazer "a mais bela" bandeira de portugal irrita-me. A mulher resume-se a adorno.

Taxista Feminista disse...

Olá cleopatra e woman once a bird - é bom receber-vos no nosso blog! :)

Woman once a bird: hoje também estava a pensar nesse anúncio do Mundial - sob o slogan "Temos Mulheres. Temos Equipa.", procuram demonstrar que quando é "feminino", o futebol é "mais belo". E assim se perpetuam os tradicionais estereótipos sobre os papéis "naturais" de homens e mulheres: eles jogam, elas enfeitam!
Podem ficar a saber mais sobre essa campanha aqui.

ana disse...

e que tal uma nova acção de rua do colectivo para (re)configurar estes cartazes?

Colectivo Feminista disse...

Prevêem-se novas acções de rua em breve, ana! Fica atenta...

Anónimo disse...

A minha irmã, ao ver o anúncio, disse: "Azaaaaar!".

catarina disse...

Essa campanha... GasP! Mas há mais: atentem nos pacotes de açucar da Nicola. Aguardo comentários.

Vanessa disse...

Ri-me tanto com o comentário a esta publicidade! Sempre em alta, Taxista!

Anónimo disse...

Que comam só as batatas e deitem a celulite na borda do prato.

eduardo disse...

como a discussão nos posts lá em cima parece ter azedado, gostava de contribuir para o debate aqui onde está tudo mais calmo…

não é inteiramente verdade que não haja anúncios a ensinar a “eles” aquilo que “elas” não gostam! concedo que são menos e que não povoam tanto a nossa paisagem física e simbólica, mas que os há, há. por exemplo, da autoria da própria Clínica Persona que podem ver aqui: http://www.clinicapersona.com/index.html

agora, algumas pessoas parecem pensar que a crítica cultural e bem-humorada do Colectivo é um apelo à supressão sumária de algumas formas de expressão publicitária, ou outras coisa piores. não creio que seja isso, nem pouco mais ou menos. existem é pessoas que não se revêem nas imagens dominantes e quotidianas que “ensinam” o que é ser mulher (ou o que é ser uma mulher especialmente confeccionada e decorada para os “gostos masculinos”: que são quais, já agora?), o que é ser homem (ou um homem confeccionado para as mulheres, etc.).

pessoalmente não me agradam minimamente os standards amorfos e mesmo assépticos de masculino/feminino que circulam por aí e que as imagens desta clínica ilustram bem, e é bom saber que outr@s pensam da mesma forma.

creio que interpreto bem se disser que os objectivos deste blog incluem a celebração da diversidade, e isso faz-se não só dando espaço autónomo a contra-tendências como também dando voz a críticas (bem-humoradas) que têm pelo menos a virtude de romper com algumas ilusões de homogeneidade cultural.