6.7.08

O género das palavras

"Só os ignorantes é que me chamam presidente. A palavra não existia porque não havia a função, agora que existe a função há a palavra que denomina a função. As línguas estão aí para mostrar a realidade e não para a esconder de acordo com a ideologia dominante, como aconteceu até agora. Presidenta, porque sou mulher e sou presidenta."
-Pilar del Río, hoje no "DN"

2 comentários:

joao disse...

Já agora, por uma questão de concordância, "uma presidenta inteligenta "

Lolita disse...

Não vejo a concordância... Porquê, mulheres inteligentes não existiam é? :P