5.3.07

Livro do dia: "Quatro argumentos para acabar com a televisão"

Em breve, a TVI vai estrear um novo reality-show chamado "A bela e o mestre". Notícia avançada no próprio Telejornal da estação, anunciada mais ou menos nestes termos:"- Um grupo de homens muito inteligentes vão conviver com belas e lindas mulheres.".

A coisa promete.

Barriguita

14 comentários:

misscalli disse...

Pois, os media continuam a fazer o seu óptimo trabalho para a igualdade e contra o sexismo :-)

A recente sexualização da mulher nos media e publicidade tem consequências, e não são poucas. Vejam este Novo estudo da American Psychological Association: SEXUALIZATION OF GIRLS LINKED TO MENTAL HEALTH PROBLEMS IN GIRLS AND WOMEN (texto completo em http://psicocoisas.blogspot.com )

Fanan o gnomo amarelo disse...

Fanan é amigo mas Fanan gosta de ver moças giras na tv.
Partindo do axioma que os homens (heterossexuais) não conseguem achar outro homem minimamente bonito ou sexy ao contrário das mulheres, acho que se percebe o porquê da escolha para assim arranjar uma maior audiência(moniez, share etc).
Além de que isto é bom para a imagem do típico "nerd" super inteligente/masturbador compulsivo/eterno virgem assim como para desmistificar a ideia de que todas as mulheres se sentem atraídas pelo dinheiro e poder e cagam um bocado de alto na inteligência de um gajo(Dun dun dun).
Procurar sexismo num programa como este é não só ridículo como mostra uma mania de perseguição só superada pelos teóricos de conspirações de funil na cabeça.

Fanan~

Inês Meireles disse...

Acho o Fanan um pouco perturbado. As mulheres, quase todas, gostam de um homem inteligente, oh se gostam. É que é preciso muita inteligência para alimentar um romance ou para partilhar uma vida a dois, ou simplesmente para trocar pontos de vista estimulantes.
Aguardemos pelo programa e depois falemos. Mas, realmente, não augura nada de interessante.

Fanan o gnomo amarelo disse...

Fanan é amigo mas Fanan acha que a inês precisa de ler o que eu disse outra vez.
"desmistificar a ideia":
desmistificar
v. tr.,
desfazer a mistificação de;
denunciar um erro ou um engano.

ora bem segundo a opinião no meu primeiro comentário digo que este programa é bom para desmistificar uma das ideias mais absurdas que já ouvi:
"EIX GAJAS SÓ GOSTAM É DE GAJOS SUADOS E A CHEIRAR A CAVALO, DESPORTISTAS E RICAÇOS DRR DRR".
Já me ri por várias vezes na cara destes néscios quando oiço esta "barda" e posso garantir que não é assim tão incomum ouvi-las.

Mas tenho de dizer que acho piada à do "pouco perturbado", principalmente quando estou a expor maneiras para que se destrua ideias pré concebidas (um bocado degradantes diga-se de passagem) sobre o vosso género. good times

P.S. - é me irrelevante se o programa é bom ou não visto que não vejo televisão.

Fanan~

Pecki disse...

Fanan, é só pena que não façam um programa bom para desmistificar uma das ideias mais absurdas que eu já ouvi: "EISH! GAJOS SO GOSTAM DE GAJAS BOAS LOIRAS E ALTAS!"

Era uma maneira de se destruirem ideias pré concebidas, também um bocado degradantes, acerca do vosso género.

Mas claro que não vão fazer isso, um homem quer-se inteligente, uma mulher quer-se bonita e linda.

This mortal coil disse...

Fanan,

não entendo os teus argumentos.

Percebi que gostavas de ver GAJAS giras, certo?!

Que gostarias que o programa desmistificasse a ideia de que as mulheres só são atraídas por dinheiro, right?!

Só não entendo é qual é a tua argumentação para a degradação da imagem feminina ao ser utilizada para vender um produto! para o facto de homens, "inteligentes", serem o equivalente oposto a "mulheres bonitas".

Porque é que os homens têm que ser inteligentes e as mulheres bonitas. Será que o inverso e ambos não se poderão verificar na mesma pessoa, independentemente do seu sexo?!

Anónimo disse...

Acho incrível que 3 dias depois do 8 de Março se inicie um concurso televisivo na Tvi que reproduz e aprofunda o estereótipo da mulher bela e burra versus o homem desajeitado e inteligente!!!
Afinal...que maior ofensa para as mulheres deste país e para os seus objectivos emancipatórios que esta execrável disseminação de uma dicotomia fabricada, opressiva e fictícia?

Fanan o gnomo amarelo disse...

Fanan é amigo, Fanan acha que vocês não apanham é o português lá muito bem.
Gostar de moças giras é contraditório com querer desmitificar o caso apresentado?
Perceber o uso de mulheres giras no programa vai contra a opinião pessoal sobre o programa?
Os vossos argumentos mostram contradições que não existem.
Porque é que os homens têm que ser inteligentes e as mulheres bonitas. Será que o inverso e ambos não se poderão verificar na mesma pessoa, independentemente do seu sexo?!
Não poderia estar mais de acordo.

Fanan~

Petrelli disse...

Fanan é amigo, Fanan não teve intenção de dizer que o programa prima pela qualidade. Mas o que Fanan não pode é querer justificar programas televisivos como estes com base em argumentos desta natureza, e passo a citar:

"Além de que isto é bom para a imagem do típico "nerd" super inteligente/masturbador compulsivo/eterno virgem assim como para desmistificar a ideia de que todas as mulheres se sentem atraídas pelo dinheiro e poder e cagam um bocado de alto na inteligência de um gajo."

Partindo do principio que Fanan e todos os restantes comentadores participantes assistiram ao mesmo programa que eu neste domingo, já que fazem questão de formar uma opinião tão *severa* mesmo antes de assistir, acho que de facto não é assim tão "ridiculo procurar sexismo num programa como este" e achá-lo está bem para além de pura mania de perseguição.

Achei o formato nojento, insultuoso. Senti-me indignada por todas as mulheres que vêm a sua imagem conspurcada por meia dúzia de outras que se prestam aquilo.

O apresentador tratá-las como tontinhas, no meio daquilo tudo, foi o menos.


Isto para dizer que Fanan é, de facto, amigo... mas Fanan precisa de trabalhar na expressão escrita. Porque se Fanan não quis dizer que o programa é uma merda mas que é completamente compreensivel o seu porquê de existir; e que alguma coisa de bom o programa trará para a luta contra determinados estereotipos, Fanan enganou bem.

Combater rótulos, com rótulos? Não me parece.


Mas acredito que Fanan é mesmo amigo...e Fanan não quis dizer que achava correcto.

Caso contrário, Fanan não é assim tão amigo...

Fanan o gnomo amarelo disse...

Fanan é amigo, Fanan teve a infelicidade de ver um bocado do programa.
Embora ainda defenda a minha argumentação para explicar o uso de quê e porquê, assim como achar que não valia a pena ficarem tão "espicaçadas" antes de o programa ser emitido e que isto até era capaz de trazer algo de bom. Tenho de admitir que as vossas suspeitas estavam certas e por amor de Deus, que alguém meta uma bomba no carro do produtor deste esgoto televisivo. ;_;

Fanan~

rui disse...

acho que o programa até trata aquelas mulheres como muito inteligentes.
são mulheres que vivem mais ou menos o tipo de vida que querem viver, aparentemente até têm cursos universitários, pagam-lhes para estarem ali, as pessoas até se deliciam com a presença delas ( o uivo alarve da populaça quando as miudas traçavam as pernas em cima da mesa...) e tudo isto apesar da mais crassa ignorância de tudo o que remotamente seja "cultura geral" apesar do cheirinho pimbalhoso dessa expressão.
Para além disso quando é "normal" que aquelas pessoas não se sintam minimamente constrangidas pela exibição de tamanha ignorância, percebe-se que o que se passa é que as competências delas são outras mas não menos rentáveis, e é isso que escapava às avaliações habituais destas coisas.

petrelli disse...

" o que se passa é que as competências delas são outras mas não menos rentáveis" ... claro.. e nós vamos ser ingénuos ao ponto de partir do principio que toda a gente faz esse raciocinio?

Vamos lá ver as coisas como são: elas são burras. ponto. esta é a imagem que o programa oferece. elas são bonitas. ponto. elas são bonitas e são burras. ponto. Conclusão? Porque são bonitas logo são burras. E não me venham dizer que não é isto que ali se está a tentar passar só porque algumas pessoas vêm para além disso.

E o que me irrita é o impacto que o que elas se prestam a fazer tem na maneira como todo o resto da sociedade é encarada.

Alina disse...

Não sei se foram ver a apresentação do programa no site da tvi :"Eles vão ter que as educar e Elas vão ter que os treinar". Não percebo talvez todas as conotações do portugues, mas aqui Elas parecem umas não-educadas, e Eles devem ser uma especie de animalitos (se precisam de ser treinados).

yasmin disse...

aliana:
"Não percebo talvez todas as conotações do portugues, mas aqui Elas parecem umas não-educadas, e Eles devem ser uma especie de animalitos (se precisam de ser treinados)."

só posso dizer... bingo... acertou em cheio na sua análise....